Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

De Gente a Bola de Pinball

Tenho saudade do tempo em que o sistema era um troço político representado por pessoas que a gente podia apoiar ou combater. Comunismo, capitalismo... saudade. Hoje estou com ódio do sistema e só posso sentar neste quiosque de shopping center e tomar um café com inércia. Porque o sistema agora é computacional, virtual, um monte de letrinhas que escorregam na tela esverdeada da Matrix...

Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo.  Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.

Vocês Vão Ver Uma Pessoa Violenta

Eu vou quebrar tudo. E vocês vão ver o que é uma pessoa violenta. Eu não vou gastar minha energia quebrando cabines de polícia, telefones públicos ou a cara de outras pessoas. Isto é júnior, é mirim, é playground de desajustados. Eu vou quebrar o que não tem conserto. E vou quebrar pra sempre. Vou acertar meu taco de beisebol com muita força na fé que o político corrupto tem de que eu logo volto pra casa vencido, e tudo segue como está. Eu vou espancar até a morte a crença destes palhaços de que somos otários, passivos e domináveis. Eu vou partir sem dó pra cima do político medíocre sentado há dezenas de anos no trono do executivo legislando para si e seus cupinchas e golpear com minha barra de ferro mil vezes o seu disfarce de ovelha até que a raposa ensanguentada surja e rasteje para fora do senado e do congresso brasileiro. Eu vou espancar com palavras, diariamente, nas redes sociais, os pastores homofóbicos e escrever na parede de suas casas com clareza inequívoca que meus amigos…

Namorados Não Há

Ontem foi dia dos namorados. Dia de pranto e lamento por namorados que não há. Amigas queridas vagam solitárias num cotidiano frio sem chamegos, cansadas da busca em vultos escorregadios, fustigadas pelo tempo apressado. E eu, que amo cada uma, que conheço seus defeitos, caio de joelhos com elas diante da esfinge indecifrável: onde estão os namorados?..

Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo.  Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.

A Mulher de Titânio

Pra sair do lugar da desvalia foi preciso engrossar. Historicamente. E engrossamos: vovó, eu, minha amiga, minha irmã. Somos o sexo feminino contemporâneo: mais pra segurança de boate que pra docinho. De sexo frágil fomos, num salto mortal, para sexo trator armado de razão e com delicadezas básicas e decorativas...

Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo.  Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.