Família

Deus me livre do seu radicalismo surdo, irmão
Do seu radicalismo aleijado que só tem boca

Deus me livre da sua incapacidade de entender que toda verdade contem erros
E abraçar os erros e fazer deles a ponte do futuro com o diferente

Deus me livre do seu conforto de empapelar a casa com suas crenças
E atirar nas diferenças que se aproximam do muro

Deus me livre do seu território estéril que queima os pés dos estrangeiros
Deus me livre do seu certo rígido, perfeito, intocável
Deus me livre da sua felicidade onipotente, seu castelo ilusório

E Deus me ajude porque você não é mais
o inimigo... você é meu irmão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz