Um beija-flor na varanda

Meu coração não tem porta. Não é casa. É ponte. Não segura, não expulsa. Meu coração é passagem. Músculo cordial predisposto a amar os passantes. Não se apega: aprendeu a delícia das visitas...


Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo. 
Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.







Comentários

  1. "Meu coração te ama como a um beija-flor na varanda."
    Essa foi demais, é tão lindo, a gente sabe que será por um instante mas entrega é inevitável ;))

    Como sempre, parabéns e obrigado.
    HGuerra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, meu querido Guerra, como Senhorita Safo se regozija em ter homens sensíveis e profundos como você nesta ilha.

      Excluir
  2. " Que maravilhoso " !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sam, bom descobrir novos beija-flores por aqui. Venha sempre.

      Excluir
  3. Interessantemente linda e de certa forma irônica a comparação do Coração com a Ponte! Linda por que nunca o associei a tal estrutura, a qual quando sobre ela apreciamos, geralmente, uma exuberante paisagem, sempre seguros e inconscientes da profundidades e perigos das águas (emoções) que ela nos suspende enquanto damos o próximo passo para seguir no caminho e o irônico, fica por conta (até mesmo pela minha profissão) da conexão de ponte com coração, que só a tinha como sendo a de Safena, onde a ponte sustenta o coração e não o coração que faz a ponte.
    Adorei atravessar viajante por mais essa inspiração da Sta Safo. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu adorei a ponte de Safena, Tori, também não tinha me ocorrido. Genial!

      Excluir

Postar um comentário

Não tem conta Google? Assine, clique em ANÔNIMO e em PUBLICAR. É fácil! Bjooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz