Sangra Outra Vez

Sangra todo mês e se desgasta. Sangra todo mês, inútil. Herança de um bicho que foi. Que desmamava um, concebia outro filhote. Hoje tem (quando tem) um filhote lá pelos trinta e muitos anos. E o útero condenado a este cacoete vazio. Esta dor. Pintar as paredes de vermelho pra jogar fora.


Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo. 
Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ilusão

A flor e o Susto

Gritando na Porta