Sem Testosterona e Com Mi-Mi-Mi

Minha ginecologista, senhora nos seus 80 anos, me receitou testosterona. Algo na minha cara, e não nos meus exames, levou a experiente senhora a constatar que eu precisava de testosterona. Mandei manipular o produto com um grande preconceito do tipo: isto não é natural, eu quero ser natural, eu quero uma pele natural, eu quero uma comida natural, água natural, ar natural, eu quero ser um macaco na selva.


Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo. 
Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.


Comentários

  1. Belo texto como todos os outros. Você tem muito talento e uma forma bem legal de escrever. Curto muito seu trabalho.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não tem conta Google? Assine, clique em ANÔNIMO e em PUBLICAR. É fácil! Bjooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz