História Emprestada - P. e a Espera Eterna

A borboleta distraída de repente vem lhe visitar. Atrevida, avança janela adentro com seu colorido estupidamente lindo e voa daqui e dali e sai e volta, e ela imóvel, boquiaberta, refém do passeio iluminado do bicho. Há tempos P. espera a borboleta final, definitiva, e já começava a desbotar sua esperança. Mas ela veio e dança atarantada diante dos seus olhos famintos.


Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo. 
Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz