História Emprestada - H. M. e o abandono seguro

H.M. quer ficar só. Ficar só é estar seguro. Mas é um cara bonito, bacana e não justifica. Por que ele está só? Porque não arrumo a mulher certa, explica. H.M. só erra. Choraminga, reclama do azar, sofre mesmo, de verdade, quando outra mulher se vai. E ninguém entende: tão bonito, tão legal... Como pode encontrar sempre no palheiro humano a tal que vai lhe dar o pé na bunda, a inadequada, a inviável?..


Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo. 
Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.


Comentários

  1. Adoro vir aqui me inspirar, quando você aborda essa temática então: fico flutuando.

    Beijocas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida autora, adoro quando você flutua no meu espaço!

      Excluir
  2. De repente vislumbrei onde foi calhar todo aquele rigor e exigencia vindos de nossa mãe e perpetuados em nós: essa beleza, travestida em simplicidade, de um texto, escrito por minha irmã Tania (Nanna), não teria tanta força de espressão e nos daria tanto prazer, não fosse o rigor que ela aplica sobre si mesma. Expreme a cana lavada e desinfetada já dentro do copo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mana querida, tanta coisa boa aquela senhora durona nos deu. Saudade grande de você.

      Excluir

Postar um comentário

Não tem conta Google? Assine, clique em ANÔNIMO e em PUBLICAR. É fácil! Bjooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz