Quanta Dor Você Topa?

Cansaço desta apologia do amor como spray mágico que resolve tudo. Amor não basta. Amando criamos traumas nos filhos. Amando chutamos a canela da nossa esposa. Amando somos forçados a romper ou forçamos o abandono. Malamamos, como disse o poeta. Amor não é panaceia. Amor sem maturidade é angústia, prova de atletismo, cabo de guerra. E não é amor?..


Este texto agora pode ser lido na íntegra no novo livro da Senhorita Safo. 
Disponível a partir de 12/03/2016 no site das melhores livrarias.


Comentários

  1. "Seu Santo Nome", Carlos Drummond de Andrade
    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  2. ah, essa estranha conexão que me joga na cara seus textos nos momentos mais apropriados...
    e eu tentando gastar palavras à toa, estão todas aí!!!!!!!!!
    obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Luisa, ficamos na mesma incubadora celeste!

      Excluir
  3. caralho, o que é essa foto????
    eu bati o olho de relance e achei que era uma flor, e aí vi... arrepios!
    vc é má, né???? rs

    ResponderExcluir
  4. Esta foto possui requintes de crueldade. Veja a mãozinha que se levanta: ainda esta vivo. (Risada de bruxa!)

    ResponderExcluir
  5. E ainda assim, será sempre uma incógnita para quem não o conhece...

    ResponderExcluir
  6. Tadinho do Anjinho....mas a pena não ajuda ninguém a crescer não é?
    Amor e dor caminham juntos...... e alternados? talvez... nem sei..
    O que sei é que apaudo de pé a sua escrita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MA querida, em breve vou conhecer seu espaço. Obrigada!

      Excluir

Postar um comentário

Não tem conta Google? Assine, clique em ANÔNIMO e em PUBLICAR. É fácil! Bjooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz