Enquanto o Avião Não Cai

Eu tenho medo de roda gigante. E até de teleférico. Mas os filhos estão em férias e achei que era coisa de boa mãe levá-los ao parque...


Comentários

  1. Rs, eu também morro de medo... Linda a foto! Lindo o texto, os momentos só Deus sabe como foram!
    Um beijinho!

    ResponderExcluir
  2. Adri, até eu me emocionei com a minha cara. Veja que tem três crianças e mais criança sou eu.

    ResponderExcluir
  3. Eu tb entro nessas paranóias por várias razões e tb fico pensando: " e os meus anos de análise? de nd adiantaram?" Pois é, parece que não prestaram pra nd, né? Afinal, análise não é pra anestesiar a gente, mas, pelo contrário, pra gente ficar mais à flor da pele ainda. Mas parabéns por ter ido e sobrevivido... rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Sylvia, se conhecer é mais do que se curar, né? Eu adoro sempre. Beijo

      Excluir
  4. Nanna! Preciso conversar com vc! Tenho um projeto para um infantil feito para crianças e adultos, que fale sobre o medo, sobre a trasnformação do medo infantil, medo de bicho-papão, de lobo mau, de homem do saco, medo que nos move, em busca de ver o monstro pra poder sair correndo dele, em medo adulto, paranóico, medo racional que vem do pânico de sabermos que sim, tudo pode nos acontecer, as coisas mais trágicas que acontecem todos os dias com todo o mundo podem nos acontecer, os acidentes, os assaltos, as violências urbanas, tudo nos espreita, e isso nos enlouquece e nos paralisa. Eu queria falar disso, queria propor uma reflexão aos pais que ajudem suas crianças a serem mais seguros do que eles, que não se deixem levar pelas infinitas e trágicas notícias de jornal... pois o medo não nos previne de nada... quer escrever?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te respondi. Quero. Vamos nos falar semana que vem? Te ligo. Bjooo

      Excluir

Postar um comentário

Não tem conta Google? Assine, clique em ANÔNIMO e em PUBLICAR. É fácil! Bjooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Ilusão

A flor e o Susto

Gritando na Porta