Acabou a brincadeira, Jair

Colocando batom para o Purim - Haaretz
DECLAROU O DEPUTADO JAIR BOLSONARO A UM PROGRAMA DE TV: "Ter filho gay é falta de porrada." 

Acabou a brincadeira Jair, pode tirar este preconceito espalhafatoso da cintura, seja homem!
Ontem, um menino                          de oito anos morreu de                     apanhar.
Acabou a brincadeira, Jair. Chega destas declarações chamativas e nefastas pra alimentar seu marketing do mal.
Ontem, um menino de oito anos foi espancado até a morte porque gostava de lavar vasilha, gostava de dança do ventre, gostava de cabelo comprido.
Acabou a brincadeira, Jair. Deus não gosta desse seu sorrisinho pervertido, cínico, desse seu regador de regar ódio.
Ontem um menino que tirava 80 na escola, foi quebrado pelos murros secos da estupidez de um homem.
Acabou a brincadeira, Jair. Tira já estes babadinhos de moral e família, a gente sabe que é a sua perversão travestida.
Ontem um menino delicado descansou das violências humanas. E eu quero acreditar que, na hora derradeira, ele nem estava lá. Estava viajando nos braços de uma legião de anjos.
Acabou Jair. Nunca mais eu quero ver essa expressão de vilão de filme B americano na sua cara. Tá dando pinta de monstro. Chega Jair.
Ontem, Deus disse chega! Tá bom menino. Já entregou a mensagem, agora volta pro pai que te ama.
Tira a roupa, Jair, vira as costas que papai vai te ensinar uma coisa.


Hoje diremos aos meninos que querem usar vestido, que pintam a boca de rosa, que brincam com bonecas... Está tudo bem meu filho. Vem pro meu colo. Está tudo certo.
                                                                                               Para o Alex.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz