Pobre menina pobre

Foto Thiago Kunz
Finalmente descobri por que não sou rica. Minha mente não sabe ser rica. Foi educada para a pobreza. Produz pobreza o dia inteiro. Midas às avessas, transmuta todo ouro que toca em escassez. Aferra-se a vinténs. Tem orgasmos diante de tabuletas de descontos. Não sabe ter. Mesmo tendo, segue na miséria. Escassez interna, atávica, desprazer em gastar, obstinação pelo barato. Moto-contínuo que me mantém ligada à minha infância, a meus pais.  À criança que guarda no bolso do short a foto vincada e rota da geladeira vazia. Criança do short sujo, da camiseta rasgada, dos pés no chão. É ela quem dirige o carro caro que tenho. Dirige, mas não sente. Anestesiada pela culpa. Exultante por fazer sacrifícios. Gata borralheira travestida de princesa, incomodada com coroas e sapatinhos de cristal. Não pode ser rica. Não posso. Iria trair meu passado, meus antepassados. Então me afasto das possibilidades de ganhar grana, penso mil vezes antes de cobrar pelo meu trabalho o que ele vale, mas que me parece sempre demais. E desconfio se a fartura se apresenta. Fico procurando problemas, pré-julgando, deixo escapar até um comentário preconceituoso.  Os ricos são vazios, os ricos são superficiais, os ricos são alienados... Sou eu desconstruindo a fartura que não suporto. Porque aprendi a tirar prazer das misérias e tenho medo de perder meu trinado se a janela da gaiola for aberta. Não sou rica porque a riqueza me ameaça. Mas, caso você pergunte, tenho milhares de razões muito melhores para te oferecer: a vida é difícil, o mundo é injusto, artistas não são valorizados, dinheiro não é tudo, meu foco é o espírito, balelas. Pode acreditar nisto: ontem eu não ganhei sozinha na loteria porque não quero. 
*
*
Senhorita Safo precisa parar um pouco, sumir um pouco, umas duas semanas, sem post, sem contato. Vai ao Éden e depois ao Hades, e volta em breve com a navalha afiada pelo silêncio. 

Comentários

  1. Anônimo2/7/15 20:03

    Que texto bárbaro!Cortante,verdadeiro e humano.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita. Estarei à sua espera.

    ResponderExcluir
  3. Que chocante mas verdadeiro.

    ResponderExcluir
  4. Que chocante mas verdadeiro.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não tem conta Google? Assine, clique em ANÔNIMO e em PUBLICAR. É fácil! Bjooo.

Postagens mais visitadas deste blog

Amar não basta

Para o meu fantasma

Estranha Paz